setembro 23, 2007

13 dias de setembro. E um saldo incrível. Acho que minha vida estava vazia. Sinceramente, não consigo mais preencher meus dias somente com trabalho. Isso pode ser o sinal de que meu corpo respira novamente. E que estou mais humana do que nunca. Então, para resolver as dores desse meu coração, enchi minha cabeça de cultura. Em pouco mais de 10 dias, foram cinco peças do Porto Alegre em Cena, uma visita inesquecível ao Museu da Língua Portuguesa e exposição Clarice Lispector em SP, uma passagem relâmpago pela Pinacoteca do Estado de SP, três filmes no cinema, dois livros, e o original de um livro novo de contos que me deixou muito orgulhosa. Como largar os livros e voltar ao trabalho? Quero ficar em casa. Socorro...

4 comentários:

Mari Thomé disse...

Vai pra rua, aproveita o sol, toma um banho de chuva, corre contra o vento...
NÃO!!
Não fica em casa.

O mundo é muito grande pra aproveitar um dormitório só!!

Ana disse...

Luuu...
Escreve mais, quero ler!!!
Beijos!

Henriquezoviske disse...

Nunca trabalhei na minha vida.
[ainda]

E leio livros desde pequeno.
[sempre]

Será que vou conseguir largar este meu vício?

Hehe, eu tenho a solução para você..
Leve livros para o trabalho.
[se bem que, dpende do trabalho]



Beijos.



Henriquezoviske

Lu Thomé disse...

Mari: gostei da déia do banho de chuva. Vai me cuidar quando eu ficar doente?

Ana: vou escrever. Vou tentar... hehehehe

Henrique: a gente larga o vício momentaneamente... Depois volta todos os dias. Mas, realmente, não conseguiria ler no meu trabalho...Bem que gostaria.

Beijos!