novembro 12, 2007

A Feira do Livro de Porto Alegre acabou. E eu acredito em presentes. Acredito também que, se a gente sofre um pouco, chora um pouco, acaba recebendo algo bonito de volta. Eu acredito nisso. E eu tenho a prova. A Feira do Livro desse ano foi um pouco de sofrimento, e muito de recompensa. Caminhei por pedregulhos no pré-evento. Sim, meus pés ficaram machucados. Achei que não caminharia mais... E, nesse momento, recebi o presente. Quatro pessoas maravilhosas e profissionais que, bem no meu estilo, sabem que um trabalho é ainda melhor quando se faz com felicidade e entusiasmo. Eles foram minha felicidade e entusiasmo nessa Feira... Depois de tudo, festejamos juntos ontem... Morrendo de rir das loucuras da festa de encerramento, pra não chorar a despedida. Que dói um pouquinho também. A gente sofre... Mas é lindo... Porque quer dizer que algo existiu e que sempre vai existir. Tati, Mila, Bina e Bruno: obrigada por tudo. Já morro de saudades de vocês.

6 comentários:

marcia disse...

Lu Thomé não vai resistir, garanto que ano que vem estará de novo!!!! Parabéns pelo trabalho de vocês. Beijo

Lu Thomé disse...

hehehehehehehehe... Obrigada, querida! Beijos!

Bruno disse...

Lu,

No primeiro dia, "chefe". No segundo, "divertida". No final da primeira semana, "companheira". Pós Feira, UMA GRANDE AMIGA! Obrigado por essa "experiência jornalística" e, principalmente, por tua amizade!

Bruno - com saudades - Alencastro.

Trevas disse...

Bah, Lu, não precisava emocionar assim. Obrigada pela oportunidade, foi um presentão poder trabalhar com todos vocês! E vou parar por aqui antes que a minha imagem de durona vá por água abaixo.
Bjs, com saudades também
Tati

Bina disse...

Lu, você me dixou em lágrimas, gaguejando enquanto lia este post para o Dedé. Obrigada por existir, ser minha amiga e a chefa mais amada do universo!

Lu Thomé disse...

Bruno, Tati e Bina: um beijo bem forte pra vocês!!!!!

SAUDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAADES!!!!!