maio 31, 2007

- Eu não sabia que estava.
- Não?
- Não. Será que eu perdi?
- Tu queria?
- Acho que agora não. Ainda não.
- Então não faz diferença saber.
- Tu acha?
- Acho.
- Hummm... Ok.
- Vai ser feliz e esquece isso. Não louqueja.
- Feliz pra sempre?
- Sou tua médica. Não fada madrinha...

8 comentários:

Moni Thomé disse...

Hum... será que era um diálogo com a Helena?!!!
Hehehehe
Me conta o que aconteceu depois...

Beijos...

Samir disse...

Ahn? Mas então tu está ou não está?

Faraon disse...

GRÁVIDA?
vamos lá, Lu, não é hora pra subtextos nem pra narradores cínicos e intrusos. hshshs
Habemus filhotinho, então?
well, se sim, ou pela polêmica causada, parabéns :)

a balzaquiana disse...

Eu num tô indendenduuu!!! Seja mais clara! Please!

Mari Thomé disse...

hehehehehe
Esse blog tambem eh ficcao!!
Te amo, Lukas! :D

Mas....
Sinceramente. GRACAS A DEUS!

Lu Thomé disse...

Moni: Sim, foi a Helena. Depois te conto.

Samir: não estou. Mas não sei se estava...

Gustavo: hehehehehehe. Parabéns aceitos pela polêmica. O baby parece que não foi dessa vez.

Bibi: passei mal no sábado. Achei que pudesse estar grávida e ter perdido. Nunca saberei. Porque minha gineco não quis que eu enlouquecesse e resolveu não me contar.

Mari: mais pura ficção da realidade!!! hehehehehe

Beijos!!

anna v. disse...

Nossa, Lu, que tortura. Médica insana essa tua, hein? Ou será que não?

Lu Thomé disse...

hehehehehehehe... Total, Anna. Ela é muito gente boa. Coloca meus pés no chão... E, claro, ultrapassa mais na doideira do que eu para atingir esse objetivo... Beijos!