março 23, 2007

A impressão que eu tenho é de que, de repente, resolvi crescer. Como se tivesse que provar algo para o mundo nesses poucos dias que separam os 29 dos 30. Preparei propostas. Pensei em economias para planos futuros que podem ser concretos. Não gastei em bobagens. E tive pesadelos a noite toda depois de tomar a decisão de que estava na hora de deixar o meu ursinho vermelho, que sempre amei muito, de lado. Mais um passo hoje. Na realidade, uma corridinha. Vou ali. E já volto para contar.

4 comentários:

Moni Thomé disse...

Hum... to indo para a casa dos 29 e já fico preocupada com os 30!!!
E nesse fim de mundo ainda por cima!!!
Beijos... vou te ligar dia 28 para dar os parabéns!!!

Lu Thomé disse...

hummmm... Vou esperar! hehehehehe. Vai ser a primeira do dia de novo? Beijos!

marcia disse...

Oh!!! Preocupada em se tornar uma balzaquiana?? Fica tranquila, é ótimo deixar os "ursinhos de pelucia vermelhos", na hora não parece... dá um aperto no coração, o olho enche de lágrima, mas respira fundo a vai!!! E vai te preparando, porque o bom da vida mesmo, começa aos 40!!!!
Beijos

Lu Thomé disse...

Ai, Márcia... Que bom saber disso - hehehehe... Sério! Essa coisa de idade está acabando comigo. Mas vou respirar fundo... Vou hoje no Dr. Fadel. Depois te conto. Beijos!!