março 04, 2008

Ela ouve rock no carro, fica feliz de cara e dança no estacionamento. Ele faz cara séria e pergunta o que ela fumou ou bebeu.

Ela dança rock em casa, só de calcinha, rebolando pela sala. Ele fica furioso, levanta, fecha a janela que dá para o vizinho e volta para a frente do notebook.

Ela canta e encena embaixo do chuveiro. Joga água para todos os lados, grita o refrão da música. Assumindo pose de invocado, ele pede que ela faça menos barulho para não atrapalhar a televisão.

Ela pensa se desiste do rock, monta uma banda ou vai de vez escrever poesias e aprender tricot. Ele boceja e pede que ela apague a luz, pois já passou da hora de dormir.

2 comentários:

Nessita! disse...

mas que cara chato! como ela consegue agüentá-lo? hehehehe

falando sério: é triste quando quem amamos tenta mudar noss.a essência...

bjus!

Lu Thomé disse...

É! O amor difícil de entender... Mas nos arrebata. hehehehehe

Beijos!