março 10, 2008

Hoje, depois do trabalho analisei, seriamente, a cestinha do supermercado que eu carregava na direção do caixa do Zaffari da Anita. Primeiro lugar: quem me conhece sabe que fazer supermercado é uma das coisas que eu mais detesto na vida. Não gosto, não gosto... Se preciso fazer uma compra séria, levo a minha mãe junto. E ela sempre ri da minha impaciência ao passar pelos corredores e da minha completa inaptidão de encontrar o produto que eu quero... Não encontro... A lógica de um supermercado não é nada lógica para mim... Gosto das prateleiras de cremes, desodorantes, escovas e pastas de dente. Eis que, às vezes, entro no mercado para comprar comida, e saio com um hidratante. De trigo, mas sei que não conta como valor nutritivo. Então, voltando à minha cestinha... Nos quatro minutos e vinte segundos em que consegui permanecer sozinha dentro do supermercado, trouxe uma garrafa dois litros de Coca-light, um pacote de Seven Boys, uma massa de se fazer em dez minutos de brócolis e uma lata de pêssego em calda (só porque me deu desejo...). A menina do caixa olhou os produtos, e me olhou. Não perguntou se eu havia encontrado tudo o que desejava, mas deve ter pensado que eu realmente não servia para a coisa... Vou ali abrir o pêssego agora.

4 comentários:

a dona do cafofo disse...

vc me deu vontade de comer seven boys... vai ser meu almoço!

Lu Thomé disse...

hehehehehehehe... Foi minha janta ontem!

Beijos!

Moni disse...

até eu fiquei com vontade desse pêssego aí... vou no Zaffari. da Getúlio.

Mari Thomé disse...

Massa de brocolis??
oO