março 03, 2008

O ar-condicionado da recepção me incomodou um pouco (cheguei às 7h20min no Mãe de Deus Center e sinto frio de manhã...). Fui de casaco.

As perguntas da atendente me chatearam (ela quis saber demais do meu joelho e fez cara de que meu piercing na orelha explodiria se eu não tirasse ele para a ressonância magnética...). Não tirei.

A blusa e a calça que me deram para vestir eram feias, surradas e geladas (eu, de novo, só querendo me aquecer de manhã cedo...). Me irritei com a roupa.

O pró-pé branquinho gelou meu pé de tão fininho e sem gracinha que era (e ainda me fizeram atravessar meio corredor andando no piso frio...). Andaria na ponta do pé se o joelho não doesse tanto.

A cadeirinha de plástico que eu sentei antes do exame era bem desconfortável (mas fiquei lá só três minutos...). Vi a revista da Ana Maria Braga.

A cama do aparelho era chata de deitar (sorte que fiquei com a cabeça para fora...). E de olhos fechados.

A atendente me avisou de que eu não me mexesse nunca e que o barulho era normal (achei tudo isso normal também...). Pá, pá, pá, pá pápá.

Ela me entregou uma campainha, para algum caso de emergência (e eu olhando pro teto). Quase dormi.

E, pavor total, foi colocando na minha cabeça um fone de ouvido (e nenhuma das mazelas anteriores me feriu mais do que imaginar aquele fone de ouvido tocando axé, Ivete Sangalo, Cláudia Leitte, ou qualquer coisa parecida com isso ou hip-hop, ou rap...ou...). Créu, acho que pensei no créu o tempo todo.

Sorte é que não tocou nada (e o exame fica pronto na quarta...). Tchá, tchán!

4 comentários:

Moni Thomé disse...

Hehehe...
Fiquei impressionada com a tua capacidade de encontrar defeito em tudo!!!!

Beijos...

Lu Thomé disse...

hehehehehehhe... Com certeza. Mas me diz: quem gosta de acordar às 6h15min da manhã? Só podia render mau humor...

Beijos!!!

Moni disse...

eu dormi nas vezes que fui fazer este exame para meu joelh. bom, na primeira vez estava drogada com morphina, hahahahahahah

:)

Lu Thomé disse...

hehehehehehehehe... Ui! Punk isso, hein!
Beijos!