janeiro 08, 2008

Champanhe para o corpo. Borbulhas para a alma. Risos para a memória. Eis a nossa imagem clássica de Ano Novo. E quase não tínhamos bebido. Eu, mãe, Moni e Mari no sentido horário. Sim, a felicidade parece que veio de fábrica.

2 comentários:

IcaroReverso disse...

Nossa, como vocês são parecidas! Formam uma estrela perfeitamente simétrica, asterisco humano, na ponta de um contexto breve. Ponto alegre.
Bom começo de ano.

Lu Thomé disse...

Obrigada, querido! Um bom ano pra ti também! Um beijo!